Animais de Companhia

animais de companhia

 

Enquadramento

Quatro em cada dez portugueses tem, pelo menos, um animal de estimação. Mesmo em tempo de crise, o número de animais que temos em casa tem-se mantido constante, registando-se até um ligeiro aumento, isto após uma década de franco aumento nos números de animais de estimação.

Por outro lado, a melhoria da técnica leva a que os cuidados de saúde que prestamos aos nossos animais de companhia tenham também mudado bastante, tornando-se mais completos, mais específicos e mais complexos, sendo os donos mais preocupados, mais conhecedores e mais exigentes.

Além dos documentados benefícios para a saúde dos donos, os animais de companhia são hoje em dia, em muitos casos, mais um membro da família e, como tal, partilham os espaços e objetos que toda a família usa. Isto implica que esses animais tenham um elevado nível de cuidados, surgindo assim no mercado inúmeros produtos para dar resposta a um mercado crescente.

Nunca desvalorizando o papel do Médico Veterinário no tratamento e prevenção das principais enfermidades dos animais de estimação, o Farmacêutico, como especialista do medicamento, é cada vez mais solicitado a colaborar e ajudar, tanto em medidas preventivas como terapêuticas, de muitas doenças dos cães e gatos, destacando-se aqui as desparasitações, vacinações mas também o tratamento de otites ou conjuntivites. Muitos destes cuidados exigidos ao Farmacêutico têm repercussões diretas na saúde pública, pois previnem doenças com potencial zoonótico como são exemplo a Toxoplasmose, a Raiva e algumas Parasitoses intestinais entre outras.

“um cão não é uma pessoa pequena e um gato não é um cão pequeno”

 

 

No entanto esta tarefa que o farmacêutico assume é complexa e uma para a qual a nossa formação académica não nos preparou com suficiente profundidade e vemo-nos muitas vezes confrontados com falta de conhecimento específico para podermos fazer um aconselhamento.

É necessário entender que um cão não é uma pessoa pequena e um gato não é um cão pequeno, para evitar medicar animais de uma forma empírica tendo como único critério cientifico a dosagem consoante o peso, pois as consequências podem ser fatais uma vez que há vários medicamentos de uso humano que estão contraindicados para uso em animais tal como são exemplos o Ibuprofeno ou certos antibióticos. Estes possíveis erros resultam muitas vezes de um total desconhecimento tanto da farmacocinética como da farmacodinâmica dos medicamentos nestes pacientes.

A falta de conhecimento acerca da fisiologia e patologias comuns nos animais, bem como a aplicação de crenças populares levam frequentemente à “automedicação” do animal de companhia o que aumenta o risco de complicar o quadro fisiopatológico do animal podendo colocar em risco a sua vida.

Outro dos problemas com que os farmacêuticos se deparam no dia-a-dia é a grande variedade de fármacos e preparações farmacêuticas lançadas no mercado. Esta variedade, associada à falta de formação específica em patologia animal, dificulta um correto aconselhamento farmacêutico.

Este curso, com a presença de um Médico Veterinário, vem colmatar as lacunas anteriormente descritas e oferecer uma formação fundamental que complemente a dispensa de medicamentos prescritos pelo Médico Veterinário, assim como ajudar a efetuar uma primeira triagem em função dos sintomas descritos, de forma a fazer a recomendação mais acertada, que muitas vezes é a visita ao Veterinário.

Esta formação em fisiopatologia e medicamentos para animais de companhia vem diferenciar o serviço farmacêutico praticando uma abordagem de qualidade e eficaz, induzindo o aumento da satisfação do cliente e inevitavelmente a sua fidelização para com a farmácia, tirando partido de um segmento de mercado com um valor importante que é muitas vezes descurado em detrimento de outros em que a concorrência é mais numerosa.

Com uma boa formação na área dos produtos Veterinários, e como resposta à crescente demanda dos Farmacêuticos, sobretudo na área da prevenção, exige-se uma participação ativa destes, uma vez que têm ao seu dispor uma vasta gama de produtos para fazê-lo, contribuindo assim, com o Médico Veterinário, para o bom estado de saúde dos animais.

Inscrições

 

Inscreva-se aqui

logo OF

Este curso tem um custo de 337,00€.

O Curso de Intervenção Farmacêutica no Âmbito da Veterinária: Animais de Companhia decorre  exclusivamente na Plataforma eLearning BataBranca e tem a duração estimada de 43h. As inscrições são limitadas a 30 participantes.

Este curso foi creditado pela Ordem dos Farmacêuticos, tendo-lhe sido atribuídos 4,3 CDP.

 

Conteúdo Programático

Módulo 1 – Prevenção de Doenças

 

1. Higiene dos Animais de Estimação

1.1 Higiene da Pele e Pêlo

1.2 Higiene oral

1.3 Higiene das orelhas

1.4 Higiene dos olhos

2. Introdução aos Parasitas

2.1 Desparasitar

2.2 Controlo e Prevenção

2.3 Esquema de Protecção Antiparasitária

2.4 Características de um Bom Desparasitante

2.5 Medidas de Higiene

3. Ectoparasitas

3.1 Pulgas

3.2 Piolhos

3.3 Carraças

3.4 Moscas

3.5 Mosquitos e Flebótomos

3.6 Ácaros

3.7 Soluções Antiparasitárias dos Ectoparasitas

4. Endoparasitas

4.1 Vias de Transmissão

4.2 Parasitas Intestinais - Ascarídeos

4.3 Parasitas Intestinais - Ancilóstomos5

4.4 Parasitas Intestinais - Tricurídeos

4.5 Parasitas Intestinais - Ténias

4.6 Parasitas Intestinais – Echinococcus spp

4.7 Parasitas Intestinais - Dipylidium caninum

4.8 Parasitas Intestinais - Giardia

4.9 Parasitas Intestinais - Coccídia

4.10 Parasitas Não Intestinais - Angiostrongylus vasorum (verme do pulmão)

4.11 Parasitas Não Intestinais - Dirofilaria immitis (verme do coração)

4.12 Soluções Antiparasitárias dos Endoparasitas

5. Vacinas e Doenças

5.1 Objectivos gerais de vacinação

5.2 Efeitos indesejáveis das vacinas

5.3 Vacinação do Gato

5.4 Vacinação do Cão

 

Módulo 2 – Intervenção Farmacêutica

 

6. Otite externa em animais de companhia

6.1 Anatomia do ouvido

6.2 Fisiopatologia

6.4 Tratamento da otite externa

7. Conjuntivite em animais de estimação

7.1 Fisiopatologia

8. Osteoartrite em animais de estimação

8.1 Classificação e fisiopatologia

8.2 Incidência de osteoartrite

8.3 Tratamento

8.4 Alternativas cirúrgicas

9. Anti-inflamatórios de uso em Veterinária

9.1 Mecanismo de acção dos AINES

9.2 Anti-Inflamatórios não indicados para animais de estimação

9.3 Anti-inflamatórios comercializados para uso em animais de estimação

9.4 Toxicidade dos AINES

10. Controlo de Populações Felinas e Caninas. Que fazer?

10.1 Ciclo Reprodutivo da Cadela

10.2 Ciclo reprodutivo da gata

10.3 Supressão do Estro e controle de populações

11. Prevenção de enjoos em viagens

11.1 Sintomas de enjoo durante viagens

11.2 Medidas preventivas de enjoo nas viagens

11.3 Medicamentos usados para prevenir enjoo e vómitos nas viagens dos animais de estimação

 

Consulte aqui o regulamento desta formação.

 

Informação

Créditos O.F. 4,3 CDP
P.V.P.: 337,00 €

Feedback

"Agradeço toda a atençao e disponibilidade dispensadas durante o curso e que em grande parte contribuiram para o meu sucesso.
O curso, representa para mim uma mais-valia e uma ferrramenta de trabalho muito importante no atendimento diário da farmácia, na medida que abordou aspectos muito práticos para o bom esclarecimento das frequentes questões que nos são postas pelos utentes que têm animais de companhia. O curso está bem estruturado e acompanhado e proporciona-nos um bom estudo e a aquisição de conhecimentos que ainda não tinha visto noutros cursos até nesta área. Com os conhecimentos adquiridos vou com certeza desempenhar melhor as minhas funções na farmácia e contribuir para um papel mais importante dos farmacêuticos na sociedade, melhorando e sensibilizando a população em geral para todas as boas e más práticas no seu relacionamento com os animais, para também assim contribuir para uma melhor saúde pública.
Despeço-me mais uma vez, agradecendo toda a atenção dispensada e com votos de que este vosso trabalho seja um êxito...
Um abraço a toda a equipa e até uma próxima oportunidade
A farmacêutica
M.M."

"Muito obrigado pelo apoio ao longo de todo o curso e pelos esclarecimentos prestados. Irei sem dúvida fazer uso de tudo o que aprendi ao longo deste curso."
A.R.

"Obrigado! Gostei muito da formação e toda a plataforma está muito bem elaborada. Fico a aguardar novas oportunidades de  formações deste tipo."
A.P.

"Gostei muito de fazer o curso, pois os conhecimentos adquiridos são bastante uteis para utilizar na prática diária da Farmácia."
A.B.

"Gostei muito do curso relembrei coisas que já estavam um bocadinho esquecidas e actualizei algumas informações."
H.M.

[O curso] "permite-me responder as questões/solicitações dos utentes com mais conhecimento técnico e mais segurança."

[Esta formação] "permitiu conhecer melhor todos os procedimentos em casos de doenças dos animais de estimação e saber procurar os medicamentos mais adequados para as mais diversas patologias ,que são imensas assim como melhorar a qulidade de vida dos animais e das pessoas, que com eles convivem, sabendo indicar os perigos que correm se não fizerem a uma adequada desparasitação, vacinação e dieta equilibrada."